Pages

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Impasse ;x


Meu medo é me habituar a essas dores de cabeça. Achar que posso lidar e chegar a um ponto em que minha palavra não vai passar de protocolo.
Não sou muito fã de cobranças, mas me vejo obrigada a dizer que, um pouco mais de atenção daria pra notar que tenho um sorriso pra cada situação, e uma enorme distância de um ‘tudo bem’ espontâneo para um coagido. É muito teatro, e percepção é tudo.
Meu medo é congelar e parar de sorrir pra você por achar que não vale à pena continuar. E um medo terrível de simplesmente virar as costas e sair, sem ter vontade alguma de olhar pra trás.



-

mdutra.